Imagem: o Gunpla/Gundam de Amuro Ray, da série de 1979.

Gundam: Netflix adiciona 4 filmes em junho, incluindo trilogia compilatória

‘Gundam I: Edição Especial’, ‘Soldados da Desolação’, ‘Confrontos do Espaço’ e ‘Char Contra-Ataca’ estreiam todos em 18 de junho.

Segundo o aplicativo da Netflix, quatro filmes de Mobile Suit Gundam estão a caminho no dia 18 de junho. São os três filmes compilando a série original (essa série está disponível na Crunchyroll) e um longa de 1988, Char Contra-Ataca. Não há confirmação sobre dublagem.

Confira:

 

Além desses, a plataforma já possui Mobile Suit Gundam UC Unicorn e Mobile Suit Gundam: Iron-Blooded Orphans.

A Netflix está encomendando um live-action da franquia e possivelmente a licença para exibir esses filmes é fruto dessa boa relação com a Sunrise. O streaming adicionou a série original de Cavaleiros do Zodíaco após anunciar uma animação exclusiva e o mesmo ocorreu após o anúncio do live-action de One Piece.

Saiba mais sobre os filmes a seguir.

Mobile Suit Gundam: A Trilogia

Gundam I: Edição Especial, Gundam II: Soldados da Desolação, Gundam III: Confrontos do Espaço
Imagem: Banner de pôster da trilogia compilatório de 'Gundam'.
Divulgação: Sunrise.

Dado o sucesso da série para TV, lançada em 1979, o criador e diretor Yoshiyuki Tomino transformou a obra em três filmes. Os dois primeiros, Edição Especial e Soldados da Desolação, foram lançados em 1981, já o terceiro, Confrontos do Espaço, veio em 1982.

Apesar de conterem basicamente as cenas da série para TV, Tomino quis mudar alguns aspectos, removendo partes que consirava mais fantasiosas – ele queria deixar a obra mais realista. Por exemplo, o Gundam Hammer foi tirado dos longas. O último filme contém também número considerável de cenas novas.


Mobile Suit Gundam: Char Contra-Ataca

Gyakushu no Sha
Imagem: Banner de pôster do filme de 'Char'.
Divulgação: Sunrise.

Lançado em 1988, o filme Char Contra-Ataca dá sequência à história do primeiro Gundam e também Mobile Suit Zeta Gundam e Mobile Suit Gundam ZZ, ambos ausentes na plataforma.

Na história, Char Aznable volta para guiar Neo Zeon. Acreditando que o futuro é no espaço, ele quer forçar um asteróide a colidir com a Terra, para torná-la inabitável, além de querer se vingar de Amuro Ray por causar a morte de seus colegas na Guerra de Um Ano.

Apenas equipe de Londo Bell pode pará-lo. Sob liderança de Amuro e Bright Noa, a unidade encara o conflito final com Neo Zeon, decidindo o futuro da Terra.


Fonte: Netflix


Mobile Suit Gundam

Kido Senshi Gandamu

Imagem: O robô Mobile Suit Gundam.

A primeira série animada Mobile Suit Gundam conta com 43 episódios, tendo sido exibida na TV japonesa entre 1979 e 1980. Não completamente satisfeito com o resultado e atendendo ao interesse repentino do público (a série não foi muito bem de audiência no começo), o criador e diretor Yoshiyuki Tomino reeditou o material posteriormente em uma trilogia de filmes, aproveitando as cenas originais, mas mudando várias coisas (como armas e sequências de batalhas). Esses filmes foram lançados originalmente entre 1981 e 1982 e ficaram oficialmente disponíveis no canal Gundam Info por um tempo.

O enredo básico do Gundam original apresenta um universo onde a Terra precisou criar colônias no espaço para suportar a superpopulação e a poluição do planeta. Uma nova era espacial foi iniciada com o título de UC 0001, até que chegou ao UC 0079. É nesse período que uma colônia independente da Terra, Zeon, declara guerra sob controle de uma família tirana.

A batalha desproporcional causou bilhões de mortes e um acordo de paz foi selado por pouco tempo. Quando um navio de guerra da Federação é perseguido pelas tropas de Zeon, um novo conflito se inicia, mas o jovem Amuro Ray encontra o Gundam RX-78-2, uma arma robótica construída pela Terra como resposta aos robôs inimigos. Ray lidera então o contra-ataque a Zeon reunindo civis e refugiados.

Frente ao enorme sucesso, a franquia se dividiu entre novas séries e produtos, incluindo o Gundam Wing, talvez a série mais famosa no Brasil, exibida dublada pelo Cartoon Network nos anos 2000 e disponível com legendas pela Crunchyroll. Alguns animês da franquia, como Gundam Iron-Blooded Orphans, estão disponíveis pela Crunchyroll e Netflix com legendas em português.

Publicidade
close