Imagem: Mikasa e Eren quando crianças em abertura da última fase de Shingeki.

Shingeki no Kyojin: Parte final estreia em 2023

Foi anunciada hoje a última parte da temporada final (sim, é confuso), que chega apenas no ano que vem.

Com o fim da exibição da segunda parte, foi anunciada a terceira e última parte da temporada final de Attack on Titan (Shingeki no Kyojin, Ataque dos Titãs), que estreia só em 2023, continuando a partir do episódio 88. Imaginava-se algo do tipo pois a fase atual claramente não chegaria até o fim em apenas um cour.

Um trailer foi divulgado:

O animê surgiu em 2013, pelo WIT Studio, tornando a franquia um sucesso mundial. Na 4ª e última temporada, houve uma troca de estúdio e o MAPPA passou a produzir a animação que estreou em 7 de dezembro de 2020, no canal NHK. Confira nossa crítica.

No Brasil, o animê é lançado via Crunchyroll (com direito a dublagem em português). O mangá, que deu origem à série, é publicado por aqui pela Panini.


Fonte: Shingeki


O JBox possui parcerias comerciais com a Amazon, e pode ganhar um valor em cima das compras realizadas a partir dos links do site. Contudo, o JBox não tem responsabilidade sobre possíveis erros presentes em recursos integrados ao site mas produzidos por terceiros.


Titã e Eren, em cena de 'Shingeki no Kyojin'

Attack on Titan (Shingeki no Kyojin) foi criado como mangá por Hajime Isayama em 2009, nas páginas da Bessatsu Shonen Magazine. Os capítulos renderam 34 volumes encadernados, com publicação no Brasil pela Panini – que também trouxe os spinoffs da franquia Ataque dos Titãs: Antes da Queda e Ataque dos Titãs: Sem Arrependimentos.

Conta a história de um mundo distópico onde a humanidade vive isolada por muros, buscando a sobrevivência contra os “titãs”, criaturas enormes que se alimentam dos homens.

Recentemente, Attack on Titan teve exibição na TV aberta brasileira pela Loading, dentro do bloco Funimation TV. Todas as temporadas estão disponíveis na Crunchyroll e na Funimation, nesta inclusive com versão dublada.

Dois longas-metragens em live-action, produzidos em 2015, foram exibidos em sessões restritas em cinemas do Brasil em 2018 e atualmente estão disponíveis na Netflix. Três filmes compilatórios que resumem as duas primeiras temporadas do animê também chegarão de maneira oficial por aqui até o fim do mês, no Amazon Prime Video. Saiba mais em nossas críticas aqui e aqui.

Publicidade
close