Imagem: InuYasha em pôster do filme.

InuYasha: 3º filme chega à plataforma gratuita Run:Time

Longa ganha mais uma opção de graça via streaming e dublada em português.

Já faz um tempinho, mas sempre é bom registrar. Desde meados do mês de maio, o 3º filme de InuYasha está disponível gratuitamente na plataforma de streaming Run:Time. O serviço já contava com os dois filmes anteriores da série, que seguem por lá — e, muito provavelmente, o 4º longa deve acabar aparecendo em breve.

A Espada Dominadora do Mundo (Tenka Hadou no Ken) estreou no Japão em 2003 e conta uma história que começa 200 anos antes da original, com o pai de Inuyasha e Sesshoumaru se sacrificando para salvar a mãe deles. Após isso, suas três espadas precisam de um destino: uma fica para Sesshoumaru (Tenseiga), outra para Inuyasha (Tessaiga), mas a terceira, So’unga, permanece selada até os dias atuais. No entanto, essa terceira espada ressurge, possuída por um antigo demônio maligno, forçando os irmãos a juntarem forças para impedir o pior.

imagem: tela do 3º filme d eInuYasha no Runtime
Página do filme no Run:Time (clique para acessar). | Imagem: Reprodução

No Run:Time o filme se encontra apenas com dublagem em português, como os anteriores. Mas o problema mesmo é a tela de exibição, que inexplicavelmente foi “esticada” para o padrão 4:3 (o mesmo aconteceu em outra plataforma gratuita, a PlutoTV, sendo provavelmente um problema nativo da distribuidora Televix, que fornece a produção). Já no Prime Video, que também exibe a animação, a tela se encontra em “widescreen”.

 

Outras produções japonesas gratuitas no Run:Time

Em termos de animê, o Run:Time não oferece nenhuma novidade frente aos seus “concorrentes”, repetindo parte do catálogo distribuído pela Televix e que já rodou por vários cantos. É possível assistir no momento às séries Super Onze, Shaman King (2001), Kaleido Star, Beyblade e Dinossauro Rei.

De filmes, além dos três primeiros de InuYasha, há o longa de Super Onze, além do live-action Lupin III: E o Coração Púrpura de Cleópatra.

 

 


Fonte: Run:Time


Sobre InuYasha

InuYasha é mais uma criação da autora Rumiko Takashi, famosa por sucessos como Urusei Yatsura (Turma do Barulho no Brasil) e Ranma ½. Seriado nas páginas da revista Shonen Sunday entre 1996 e 2008, a série rendeu um total de 56 volumes encadernados, acompanhando a jornada da jovem Kagome, que viaja sem querer para o Japão feudal e liberta um meio-youkai chamado Inuyasha, com quem deve se aliar para procurar os fragmentos da Joia de Quatro Almas.

A série animada estreou no Japão em 2000, com produção do estúdio Sunrise, sendo finalizada com 167 episódios em 2004. Anos mais tarde, em 2009, mais 26 episódios foram lançados na temporada conhecida como InuYasha: Kanketsu-hen (ou The Final Act), que finalizou a saga do meio-youkai e da garota que veio do futuro.

No Brasil, o mangá foi publicado pela Editora JBC a partir de 2002 em formato meio-tanko (totalizando 112 volumes). Já o animê estreou via Cartoon Network também em 2002 e fez sucesso junto ao público – mesmo  sofrendo com cortes e censuras promovidos pela distribuidora Televix. 30 episódios chegaram a ser exibidos também em TV aberta pela Rede Globo e os filmes estrearam por aqui pela Netflix.

Atualmente, a série dublada em português está disponível pelo Amazon Prime Video, com exceção dos 7 últimos episódios, que estão apenas em espanhol com legendas. A plataforma também exibe os 4 filmes dublados e a série The Final Act — essa também em espanhol. Yashahime, uma continuação do animê, é exibida com dublagem atualmente pela Crunchyroll, Funimation, HBO Max e PlutoTV.

Desde outubro de 2021, a Editora JBC publica uma nova edição de luxo do mangá original.

▶ Confira aqui a resenha do primeiro volume.


O JBox participa de parcerias comerciais com a Amazon, podendo ganhar um valor em cima das compras realizadas a partir dos links do site. Contudo, o JBox não tem responsabilidade sobre possíveis erros presentes em recursos integrados ao site mas produzidos por terceiros.

Publicidade
close