Confirmado: Dublagem de Blue Dragon é Feita em Miami

Pra “matar a saudade” de Soul Hunter…

Quando anunciamos a aquisição de Blue Dragon pelo SBT, logo surgiu a informação via Gazeta Brazilian News – um jornal americano destinado ao público brasileiro – que o estúdio The Kitchen (com base em Miami) estava recrutando pessoas que falassem português e que vivem nos EUA para trabalharem na “versão brasileira” do anime.

Na ocasião entramos em contato com a própria VIZ (distribuidora da série no ocidente) afim de sabermos se tal informação procedia e recebemos uma resposta em tom de ameaça. Segundo nos relataram, qualquer nota que publicássemos sem que fossem saídas dos releases oficiais da empresa seriam automaticamente desmentidas. Ou seja, eles estavam cientes da repercussão negativa do fato e preferiram não falar.

Depois de ser adiado em quase um mês, Blue Dragon estreou hoje no SBT e a informação se confirmou: a dublagem foi mesmo feita  em Miami, e está idêntica às exibidas por canais como o extinto Locomotion, Warner e TNT, emissoras à cabo que, por serem geradas fora do Brasil, se valem desse recurso para baratear os custos (e aumentarem o lucros). O resultado é um trabalho sem graça, engessado e cheio de erros nas pronúncias e carregado em sotaques.

Só que a VIZ se esqueceu que o SBT é um canal aberto, ou seja, não duvidem se o Sindicato dos Dubladores entrar com uma ação judicial contra a distribuidora e a emissora (que tem o “poder” de vetar esse tipo de material, já que ela é a cliente). Alguém discorda que merecem?

Publicidade
close