Blade – A Lâmina do Imortal: novo trailer sangrento revela data de lançamento e música tema

Exibição em outubro será exclusiva do Amazon Prime Video.

Saiu o 2º vídeo promocional da nova adaptação animada de Blade – A Lâmina do Imortal (Mugen no Juunin), contendo várias cenas de batalha e também apresentando a música tema, “SURVIVE OF VISION“, cantada pelo artista Kiyoharu.

Confira:

Segundo o site oficial da produção, a canção foi criada especialmente para o anime. O vídeo também confirma que os dois primeiros episódios vão estrear juntos no próximo dia 10 de outubro, exclusivamente pelo Amazon Prime Video.

A animação está a cargo do estúdio LIDEN FILMS (de Terraformars), com direção de Hiroshi Hamasaki (Steins;Gate) e supervisão dos roteiros por Makoto Fukami (Psycho-Pass). Nas vozes originais, Kenjiro Tsuda (Hyakunosuke Ogata em Golden Kamuy) viverá Manji, enquanto Ayane Sakura (Ochaco Uraraka em My Hero Academia) será a Rin.

Outros nomes confirmados do elenco japonês são:
Eiji Hanawa (Jiren de Dragon Ball Super) como Sabato Kuroi
Houko Kuwashima (Sango de InuYasha) como Makie Otono-Tachibana
Nozomu Sasaki (Mello de Death Note) como Kagehisa Anotsu
Tatsuhisa Suzuki (Makoto Tachibana de Free!) como Taito Magatsu
Shunsuke Sakuya (Shibazaki em Terror in Ressonance) como Eiku Shizuma
Shinya Fukumatsu (Durham em Black Cat) como Sousuke Abayama

Pelo que já havia sido sinalizado pelo site oficial da obra, essa adaptação deve ser “completa”, ou seja, trazendo para às telas toda a história vista no mangá original. Em 2008, ‘Blade‘ virou um anime de apenas 13 episódios pelo estúdio Bee Train.

[Via YouTube]


Blade – A Lâmina do Imortal foi publicado pela 1ª vez em 1993 na revista Afternoon, sendo encerrado em 2012 com 30 volumes encadernados. Ambientada no período Edo, segue a história do ronin Manji , que tem para si a missão de assassinar mil criminosos, com o objetivo de se livrar do poder da imortalidade que adquiriu ao beber o chá de uma monja. No Brasil, foi lançado pela primeira vez entre 2004 e 2007 pela Conrad Editora, de forma incompleta – e foi aí que recebeu o título que soa redundante em português. Na época, o mangá seguia por aqui o formato “meio-tanko”, sendo metade de um volume japonês original – ao todo, rendeu 38 edições, o que equivale a 19 volumes originais. Entre 2015 e 2018, a Editora JBC publicou a obra completa em 15 volumes, sendo cada um deles uma junção de 2 volumes originais.

No último mês de maio, a obra ganhou uma sequência oficial do mangá, intitulada Mugen no Junin – Bakumatsu no Sho (Arco do Bakumatsu). A nova história é escrita por Kenji Takigawa, com arte de Ryu Suenobu e sob supervisão do autor original, Hiroaki Samura. Ela se passará no período do Bakumatsu, no século 19, onde o personagem principal, Manji, deverá enfrentar os guerreiros da época, incluindo figuras históricas famosas, como Sakamoto Ryoma e os membros Shinsengumi.

Além do anime de 2008, em 2017 ‘Blade‘ virou um filme live-action dirigido por Takashi Miike (Crows Zero).

Publicidade
close