Beastars: produção da 2ª temporada é confirmada

Enquanto estreia ainda não acontece no Brasil, sequência está garantida!

Enquanto estamos estufados no Natal, já é dia 26 de dezembro no Japão, onde aconteceu a exibição do 12º e último episódio da temporada de Beastars, adaptação animada do mangá de Paku Itagaki. Pois esse final também serviu para anunciar a produção de uma 2ª temporada, conforme mostra o perfil oficial da série no Twitter.

Em tradução livre, a mensagem diz: “Atendendo à alegria de todos, foi decidida a produção da 2ª temporada! Anunciaremos o horário de transmissão e o elenco dos novos personagens em um futuro próximo.

Tela de anúncio da 2ª temporada de ‘Beastars’.

Beastars estreou no Japão em 8 de outubro, sendo parte do bloco +Ultra da Fuji TV (onde substituiu Carole & Tuesday). Em seu lugar, entrará no próximo dia 8 de janeiro o animê Drifting Dragons (baseado no mangá publicado no Brasil com o título de Caçando Dragões).

Com animação do estúdio Orange (Black BulletDimension W, Land of the Lustrous), Beastars mostra um mundo antropomórfico, onde os carnívoros e herbívoros vivem em paz e tranquilidade. O personagem principal é Legosi, um lobo que está acostumado com o medo e antipatia que todos sentem à sua volta, apesar de ter um coração bondoso e fazer parte do clube de teatro da escola Cherryton. Mas em um momento Legosi se envolve mais com seus colegas de classe e descobre suas inseguranças e segredos, mudando o caminho da sua vida escolar.

O mangá original de Beastars é publicado desde 2016 e atualmente se encontra com 17 volumes compilados. Em dezembro de 2017 ficou em segundo lugar na lista de público alvo masculino do guia de mangá Kono Manga ga Sugoi! (Este mangá é incrível! em tradução literal), logo atrás de The Promised Neverland. Foi o primeiro mangá da editora Akita Shoten a receber um prêmio do Manga Taishou, além de receber os prêmios de Novo Criador do Tezuka Osamu Cultural Prizes, Melhor Mangá no Kodansha Manga Awards e prêmio de Nova Face do Japan Media Arts Festival Awards em 2018.

No Brasil, o mangá é publicado pela Panini. A exibição oficial do animê está garantida para o ano que vem, exclusivamente na Netflix.

[Via @bst_anime]

Publicidade
close