‘The Promised Neverland’ chega ao fim e desenhista da série revela participação em novo game

Série será fechada com 20 volumes.

Como já estava prometido, chegou ao fim a saga do mangá The Promised Neverland. O encerramento aconteceu no capítulo 181, recém publicado na revista Shonen Jump e disponível também de forma gratuita (em inglês e espanhol) pelo aplicativo MANGA Plus. O último volume encadernado será o 20, com lançamento previsto para outubro no Japão (indo de encontro à previsão anterior dos autores).

Agora lembra que tinha sido anunciado que haveria um “projeto especial” a ser revelado no final? Pois bem, será lançado lá na Terra do Sol Nascente um artbook (livro de ilustrações) e também um fanbook (livro completo de informações), e também haverá uma exposição da série marcada para 11 de dezembro, em Tóquio. Vale lembrar que também foi comunicado recentemente o projeto de uma série live-action ocidental pela Amazon.

Além disso, foi anunciado um novo projeto envolvendo Posuka Demizu, desenhista do mangá. Foram revelados os primeiros esboços para um novo game, que será desenvolvido em uma parceria da editora Shueisha com o aplicativo LINE.

Ainda sem nome, tudo que se tem sobre esse game são os esboços conceituais de personagens e uma ilustração de um cenário, tudo desenvolvido por Demizu. Confira no álbum a seguir:

 

O game conta com um site oficial e um perfil no Twitter, mas o “mistério” em torno dele continua.


Fonte: Shonen Jump via ANN (1) e (2)


Com autoria de Kaiu Shirai e Posuka DemizuThe Promised Neverland (Yakusoku no Neverland) foi lançado em 2016 nas páginas da Shonen Jump. A história gira em torno de um grupo de crianças em um orfanato, que descobrem que estão sendo criadas como gado de luxo para alimentar demônios de alto poder aquisitivo. A séria animada é produzida pelo CloverWorks (Darling in the FRANXX), estúdio pertencente ao A-1 Pictures, com direção de Mamoru Kanbe (Elfen Lied). Uma 2ª temporada estava prevista para estrear neste mês de outubro, mais foi adiada para 2021 por conta da pandemia de COVID-19.

No Brasil, a versão animada é exibida pela Crunchyroll, enquanto o mangá original é publicado desde agosto de 2018 pela Panini, com 11 volumes disponíveis até o momento. Confira a nossa crítica do 1º volume aqui.

Publicidade
close