Imagem: O ator Tetsuo Kurata.

Tetsuo Kurata pede desculpas por polêmica sobre seu papel em ‘Kamen Rider Black’

Astro do clássico de 1987 se desculpa aos fãs após declaração neste de fim de semana.

Tetsuo Kurata (52), ator que interpretou Issamu Minami (Kotaro Minami) nos clássicos Kamen Rider Black (1987) e Kamen Rider Black RX (1988), causou polêmica no último sábado (3), dia em que a franquia Kamen Rider completou 50 anos.

Durante uma transmissão no 17LIVE, um aplicativo de transmissão ao vivo, Kurata questionou se o espectador de Kamen Rider era “realmente seu fã” e “por que você está aqui se não vai fazer nada (doar)?”. O ator se refere às doações de meet & greet, que é muito comum no Japão. Por isso, ele disse que  “passou a gostar e não gostar de fãs também”, e até chegou a bloquear fãs que não lhe contribuíram financeiramente.

Kurata também comentou sobre Kamen Rider Black Sun, o reboot de Black, a série que consagrou seu estrelato no Japão. Contrariando os fãs que esperavam a comemoração de Kurata, ele acabou fazendo declarações controversas.

Fizeram-me comentários, mas eu não gosto muito de falar de Kamen Rider, desculpa. Tá?! Desculpa. Estão dizendo que é o aniversário de 50 anos de Kamen Rider. Obrigado, mas eu não sou o Kamen Rider. Já faz tempo que eu fiz o personagem. Perdão, mas eu não estou afim de comentar. Eu sei que todos estão animados, mas me desculpe. É o que eu acho, mas entendo que querem falar sobre o Rider comigo. No ano que vem farão o (reboot) de Black e entendo que vocês ficaram animados, mas não quero falar de Kamen Rider. Foi mal. Vou cortar essa conversa por aqui.”, disse Kurata durante a live.

Obviamente, os fãs ficaram decepcionados com tais declarações de Kurata, principalmente por ser um dia especial para a franquia Kamen Rider.

Confira o vídeo com as recentes declarações do ator:

Em 6 de novembro de 2020, numa entrevista ao Tamashii Web, Kurata afirmou que muitos fãs de Kamen Rider Black visitaram sua loja. Eles esperavam que o ator reprisasse o papel. Na ocasião, Kurata disse acreditar que era seu destino continuar a ser Issamu Minami.

Kurata é dono do restaurante Billy the Kid, onde imagens de Kamen Rider Black estão presentes nas dependências do estabelecimento. Em fevereiro deste ano, uma revista japonesa entrevistou o escultor A-san, que fez gratuitamente uma estátua em tamanho real do herói para o ator em 2018. Havia uma condição: de que Kurata não usasse a estátua para fins comerciais. Porém o ator não honrou o compromisso e expôs o material por 3 anos no Billy the Kid.

Ela (a estátua) deveria ter sido usada para uso privado, mas está sendo usada ilegalmente para atrair clientes para a loja de Kurata.“, declarou A-san. Kurata acredita que seus fãs são aqueles que querem vê-lo na loja e, por isso, diz que “não tem escolha” a não ser exibir a estátua no restaurante.

A estátua de Black no restaurante Billy the Kid | Foto: Reprodução/Love Tokusatsu

 

Nesta quarta (7), Kurata pediu desculpas em um post no seu Instagram oficial.

Para mim, Kamen Rider BLACK RX é um adorável parceiro, que vive comigo há décadas. (…) Eu me pergunto por que fiz tal declaração, embora o amasse e tivesse um longo relacionamento com ele desde que nasceu (Kamen Rider Black RX). Pode ter sido apenas uma palavra, por que eu estava muito frustrado com várias coisas e com raiva de mim mesmo. (…) Fãs, todos os envolvidos e meu parceiro de vida: BLACK RX, eu sinto muito. (…) Decidi encerrar minhas transmissões ao vivo no 17LIVE.

Em 2009, Kurata retornou ao papel de Issamu Minami nos episódios 26 e 27 de Kamen Rider Decade. Ou melhor, ele interpretou duas versões alternativas do herói, como Black e Black RX. No mesmo ano, apareceu rapidamente no final de Kamen Rider Decade the Movie: All Riders vs. Dai-Shocker. Em 2015, interpretou os dois Minamis no filme Super Hero Taisen GP: Kamen Rider 3. Ainda no mesmo ano, Kurata atuou como Ko/Satria Naga nos episódios 40 e 41 da série indonésia de tokusatsu Satria Garuda BIMA-X.

O ator já esteve no Brasil como atração do Anime Friends 2015.


Fontes: Love Tokusatsu, TokuDoc e Kyoudai Express


Sobre Kamen Rider Black

Foto: Divulgação/Toei

Kamen Rider Black foi exibido pelas emissoras japonesas TBS e MBS, de 4 de outubro de 1987 a 9 de outubro de 1988, totalizando 51 episódios (e mais dois para o cinema). Sendo a oitava série da franquia dos motoqueiros mascarados, a proposta inicial era ser um “marco zero”. Ou seja, um novo começo e sem relação com seus antecessores (mas essa ideia logo foi descartada). A trama envolve os irmãos adotivos Issamu Minami (Kotaro Minami) e Nobuhiko Akizuki, que nasceram durante um eclipse solar e foram destinados a disputarem pelo título de Imperador Secular do satânico Império Gorgom. No dia em que completaram 19 anos, Issamu e Nobuhiko foram submetidos a uma metamorfose para se tornarem Black Sun e Shadow Moon, respectivamente. Apenas Issamu consegui escapar, mas adquiriu superpoderes. Como Kamen Rider Black, o jovem enfrenta os monstros da semana enviados pelos sacerdotes de Gorgom. O nascimento de Shadow Moon marca o início da fase final da série, marcada pela morte e ressurreição do “homem mutante”.

Em 1995, a Manchete exibiu a sua continuação, Kamen Rider Black RX (de 1988). Issamu Minami ganha novos poderes e passa a enfrentar os invasores espaciais do Imperio Crisis. Durante a trama, RX ganha duas formas: Robo Rider e Bio Rider. Black RX foi adaptado nos EUA para o bizarro Saban’s Masked Rider, que foi exibido no Brasil pelo extinto canal pago Fox Kids, ao mesmo tempo que a versão original era exibida na TV aberta. Atualmente os direitos de Black RX estão expirados desde quando a Disney era a detentora de Power RangersVR Troopers e Beetleborgs na década de 2000.

Publicidade
close