Imagem: Ui, a irmã de Iroha em 'Madoka Magica Magia Record'.

‘Madoka: Magia Record’: 2ª temporada estreia no fim de julho e 3ª é anunciada

2ª temporada de ‘Magia Record’ estreia em 31 de julho e uma 3ª temporada chega ainda em 2021!

Foi divulgada a data de estreia da 2ª temporada de Puella Magi Madoka Magica: Magia Record Side Story (ou Magia Record: Mahou Shoujo Madoka Magica Gaiden), intitulada Kakusei Zen’ya (O Acordar na Véspera): 31 de julho. A obra ganhou previsão de estreia em julho há pouco tempo, após meses sem novidades.

Confira o novo trailer, com uma prévia da música de encerramento, “Lapis”, por TrySail:

Além disso, anunciaram a 3ª e última temporada da série, Asaki Yume no Akatsuki (Amanhecer dos Sonhos Leves, em tradução livre), para o final de 2021.

A animação é baseada no jogo Magia Record (ou MagiReco), se passando na cidade de Kamihama, onde garotas mágicas lutam contra bruxas. Iroha Tamaki se une a essas garotas ao chegar na cidade, enquanto procura por sua irmã, Ui.

A primeira temporada teve 13 episódios, sendo dirigida por Gekidan Inu Curry. O desenho de personagens ficou por conta de Junichirou Taniguchi, que trabalhou na série original. A produção foi do estúdio SHAFT e da Magia Quartet (“marca” responsável por todos os produtos da franquia), sem presença do roteirista original Gen Urobuchi.

A série está disponível na Crunchyroll e na Funimation, apenas com legendas em português. Temos uma resenha do primeiro episódio disponível aqui.

O jogo original foi lançado no Japão em 2018, com uma versão localizada para inglês saindo nos EUA e Canadá em 2019, mas o serviço em inglês foi desligado em 2020. MagiReco também tem uma adaptação em mangá, publicada desde 2018 por Fujino Fuji na Manga Time Kirara Forward.


Fonte: Natalie


Puella Magi Madoka Magica

Mahou Shoujo Madoka Magika

Kyoko, Sayaka, Mami, Homura e Madoka no filme 'Rebellion'.

Puella Magi Madoka Magica (Mahou Shoujo Madoka Magika) é originalmente um anime, com 12 episódios produzidos pelo estúdio Shaft em 2011, dirigidos Gen Urobuchi. Marcou o gênero de “garotas mágicas” ao inserir as meninas em uma trama mais densa que o habitual, com passagens surpreendentes e até chocantes. O plot é simples, com garotas que a princípio usam seus poderes para lutar contra bruxas que ameaçam as pessoas.

A franquia derivou várias sequências e realidades alternativas em outras mídias, incluindo filmes, livro e mais de 10 títulos em mangá. Aqui no Brasil, várias histórias em quadrinhos foram lançadas pela NewPOP Editora. A lista até então inclui Madoka MagicaMadoka Magica – The Different StoryMadoka Magica: The Movie RebellionKazumi Magica – Malícia InocenteOriko Magica e Oriko Magica: Outra História. A empresa também publicou Madoka Magica: The Novel.

O anime original está disponível na Netflix com idioma original em japonês e legendas em português. O filme Rebellion, que continua a trama, nunca chegou oficialmente ao Brasil, mas o mangá adaptando a trama foi lançado pela NewPOP. Um novo longa foi anunciado, dando sequência ao Rebellion.

O spin-off Magia Record está na Funimation e na Crunchyroll, também apenas legendado.

Publicidade
close