Imagem: Cavaleiro de 'FF XIV: Endwalker'.

‘Final Fantasy XIV’ suspende cadastros gratuitos por tempo indeterminado

Square Enix anunciou diversas medidas em função do enorme congestionamento nos servidores, e novos cadastros gratuitos estão suspensos.

E a novela de FINAL FANTASY XIV Online continua. Há alguns meses, as vendas digitais ficaram indisponíveis sem aviso nos EUA. O problema tinha sido aparentemente resolvido mas após o lançamento da expansão Endwalker, no dia 7 de dezembro, usuários passaram a relatar uma espera de horas na fila para jogar.

Ontem (15) foram anunciadas diversas medidas em função do jogos estar congestionado, em uma postagem assinada por Naoki Yoshida, produtor do game. Entre elas, estão a suspensão das vendas digitais e envios físicos, e também a suspensão de novos registros na versão gratuita (Free Trial) – além disso, quem jogar a versão-teste só pode logar durante a noite/madrugada ou bem cedinho na manhã. Essas providências serão temporárias.

Eles também interromperão propagandas do jogo por enquanto, provavelmente para não incentivar novos cadastros. Contudo, quem já tiver cadastro e quiser comprar expansões ou um pacote melhor continuará podendo fazê-lo.

Usuários que compraram o jogo e estão com mensalidade ativa até o dia 21 de dezembro terão mais 14 dias de jogo, para compensar o tempo perdido esperando nas filas. Ainda confirmaram que o erro 2002, que aparecia para muitos nas filas, era parte de um bug, e não só problemas de conexões instáveis – a correção só entrará no próximo patch, que também chega no dia 21.

Ainda segundo o comunicado, decidiram manter o cronograma de lançamentos como previamente anunciado, mesmo com todo o congestionamento. Além disso tudo, informaram que estão trabalhando em formas de abrigar todos os usuários, mas a crise de semicondutores causada pela pandemia está dificultando e atrasando o processo, e esperam poder implementar alguma melhoria de infraestrutura ao final de janeiro de 2022, mas, claro, tudo poderia ser atrasado.

Por fim, comunicaram que alguns erros de pagamento ou registro vieram dos mesmos locais usado por um grupo de pessoas que estariam relacionadas a serviços suspeitos, então foram bloqueados. Quanto a isso, não podem fazer nada além de recomendar os usuários a não utilizar esse tipo de serviço.

A nota termina com um pedido de desculpas pelos inconvenientes advindos do congestionamento, e alega que a empresa está trabalhando para melhorar a situação.

Final Fantasy XIV Online saiu em 2010, apenas para computadores, mas teve uma recepção tão negativa que a Square Enix resolveu refazer o jogo. Assim nasceu o atual sucesso Final Fantasy XIV: A Realm Reborn, lançado em agosto de 2013 para PlayStation 3 e PC – a versão para PS4 chegou em abril de 2014.

O jogo já conta com várias expansões e segue fazendo bastante sucesso entre fãs da série e de MMORPGs mesmo com os custos de compra e mensalidade envolvidos. Uma versão gratuita foi aberta neste ano, na qual os jogadores podem aproveitar até o nível 60 sem pagar nada.

O jogo ganhou dois prêmios no Game Awards 2021.


Fonte: FFXIV


Final Fantasy

Final Fantasy é uma franquia multimídia e uma das séries de RPG mais populares mundialmente. Publicado e desenvolvida pela então Square (cuja filial americana se chamaria SquareSoft), o primeiro título foi lançado em 1987, desenvolvido por Hironobu Sakaguchi logo após a fundação da empresa em 1986 (embora ela existisse, em parte, desde 1983 como divisão da Den-Yu-Sha). Os elogios da crítica e o sucesso comercial do primeiro FF geraram inúmeras sequências e outros produtos, incluindo filmes, séries de animê e mangás.

Como a história de Final Fantasy (1987) não foi criada para ter uma continuação, Final Fantasy II (1988) foi o primeiro jogo sem locais ou personagens de seu antecessor. Isto acabou se repetindo nos títulos posteriores, tornando-se uma característica da franquia. Cada jogo principal conta com uma história própria, com um novo elenco de personagens e mundos diferentes, embora os jogos compartilhem alguns elementos em comuns, caracterizando a franquia, cujas vendas ao redor do mundo já ultrapassaram 140 milhões de cópias, considerando todos os títulos.

Entre 1987 e fevereiro de 2003, a Square lançou 11 jogos da franquia principal de Final Fantasy e 13″spin-offs”, como Mystic Quest (1992) e Chronicles (2001).  Em abril de 2003, a empresa se fundiu com a Enix, conhecida por Dragon Quest, dando origem à Square Enix. Atualmente, a “linha principal” conta com 15 títulos. Em março de 2020, uma enquete da NHK ranqueou os jogos favoritos dos japoneses, com Final Fantasy X (2001) ficando na primeira posição.

Publicidade
close