Imagem: Colagem com cartazes das séries A Jornalista, Como Pétalas que Caem, Alice em Borderland, Kentaro Hiyama e The Makanai, em enquadramento de artigo do JBox.

7 filmes e doramas originais da Netflix com estreia em 2022 | Artigo/Convidado

Confira um pouquinho do que vem (ou veio) por aí na Netflix!

Fãs de conteúdo japonês podem se considerar abençoados em 2022. Isso porque o ano novo trará também uma boa quantidade de produções originais japonesas para o maior serviço de streaming do mundo, a Netflix. Até o momento, a plataforma confirmou pelo menos 60 títulos, com destaque para alguns doramas e filmes, produções originais e live actions.

Com algumas estreias já disponíveis, confira a seguir sete séries e/ou filmes (atuados) japoneses que estreiam ou estrearam em 2022 na Netflix para ficar de olho:

The Journalist/A Jornalista

Imagem: Pôster de A Jornalista.
Pôster de The Journalist (2022). | Imagem:Divulgação/Netflix.

Título Original: 新聞記者 (Shimbun Kisha);
Estreia: 13 de janeiro (já disponível);
Gênero: Drama, suspense, investigação, política;
Elenco: Ryoko Yonekura, Go Ayano, Ryusei Yokohoma, Shinobu Terajima, etc.

Em 2019, o diretor Michihito Fujii tomou por base um romance da convicta jornalista Isoko Mochizuki para desenvolver a história de Shimbun Kisha. O filme estrelado pela atriz sul-coreana morando em Tóquio Shin Eun Kyung e por Tori Matsuzaka levou três das categorias principais nos Prêmios da Academia Japonesa em 2020 incluindo o Prêmio de Melhor Filme.

Ainda em 2020, a Netflix anunciou que o diretor seria o responsável por uma adaptação em série para o premiado blockbuster. Ali nascia The Journalist,  o primeiro grande lançamento do streaming em 2022.

A premissa básica de The Journalist segue Anna Matsuda, vivida pela atriz veterana Ryoko Yonekura (35 sai no Koukousei), uma jornalista que leva sua missão a sério. Repórter política do fictício Jornal Touto, Anna está convicta de que há um extenso esquema de corrupção envolvendo a construção de uma escola pública.

Suas suspeitas aumentam após o suicídio de um funcionário público respobnsável por falsificar os documentos daquela escola.  Esse acontecimento afeta moralmente Shinichi Murakami, vivido por Go Ayano (Yakuza and The Family), um outro funcionário público de baixo escalão que estava  pessoalmente envolvido no escândalo de falsificação de documentos. Movido por uma culpa quase social, ele se junta a Matsuda para revelar as verdades por trás daquele esquema de corrupção.

Intrigante, certo? A série também dialoga intimamente com questões contemporâneas, muitas das quais ligadas ao papel da mídia na sociedade. Michihito Fujii também se preocupou em trazer à tona problemáticas da juventude japonesa pós-pandemia. Por meio do jovem universitário Ryo Kinoshita, vivido por Ryusei Yokohama (Seus Olhos Dizem), The Journalist conversa com os jovens japoneses que neste exato momento da história não tem planos, nem perspectivas, mas são a única força motriz capaz de mudar o futuro do país.

Com 6 episódios, A Jornalista já está disponível dublado e legendado.

Confira o trailer:

Fishbowl Wives

Imagem: Pôster promocional de Fishbowl Wives.
Pôster de Fishbowl Wives (2022). | Divulgação/Netflix.

Título Original: 金魚妻 (Kingyo Tsuma);
Estreia: 14 de fevereiro (já disponível);
Gênero: Drama adulto, infidelidade, abuso, violência doméstica
Elenco: Ryoko Shinohara, Takanori Iwata, Masanobu Ando, Kyoko Hasegawa, etc.

Kurosawa R é o nome artístico de uma das ex-assistentes de Chica Umino, autora do premiado mangá Sangatsu no Lion (March Comes in Like a Lion). Em 2017, a mangaká começou a serialização do mangá josei Kingyo Tsuma. A obra acumulava cerca de 3 milhões de cópias em circulação no Japão em janeiro deste ano, pouco tempo antes da estreia de sua adaptação live action.

Em 2020, a Netflix anunciou a produção de um dorama baseado neste mangá sobre infidelidade e violência doméstica. A veterana atriz Ryoko Shinohara, mais conhecida pelo clássico Last CInderella  (2013), ficou a cargo de interpretar a heroína, Sakura Higara, uma mulher vítima da sociedade, no dorama Fishbowl Wives

Em Fishbowl Wives, Sakura administra um salão de beleza. Ela desistiu de seus sonhos e vive sob os desmandos do marido Takuya, vivido por Masanobu Ando. Um dia, Sakura acaba conhecendo e eventualmente se apaixonando pelo dono de uma loja de peixes dourados Haruto Toyoda, vivido por Takanori Iwata, membro do grupo de JPOP Sandaime JSoul Brothers.

Os nove episódios do dorama seguem também histórias paralelas sobre mulheres igualmente infelizes com seus casamentos vivendo todas no mesmo luxuoso condomínio

Não recomendada para menores de 18, Fishbowl Wives chegou a ser o sétimo programa em língua não inglesa mais assistido na Netflix na última semana e já está disponível dublada e legendada no catálogo brasileiro. Confira o trailer:

Love Like The Falling Petals/Como Pétalas que Caem

Imagem: Pôster promocional de Como Pétalas que Caem.
Pôster de Love Like The Falling Petals (2022). | Imagem: Divulgação/Netflix

Título Original: 桜のような僕の恋人 (Sakura no Youna Boku no Koibito)
Estreia: 24 de março;
Gênero: Drama, romance, adaptação de livro;
Elenco: Kento Nakajima, Honoka Matsumoto, Kento Nagayama, Yuki Sakurai, Shuntaro Yanagi

Da mesma roteirista dos live actions de Let me Eat your Pancreas (2017) e My Tomorrow, Your Yesterday (2016), Love Like The Falling Petals é o novo filme romântico da Netflix, que chega ao streaming em 24 de março (é o único filme da lista).

Baseado no romance Sakura no Youna Boku no Koibito de Keisuke Uyama, o filme acompanha uma história de amor com homeopáticas doses de tristeza.  Um aspirante a fotógrafo inevitavelmente se apaixona por sua cabeleireira. Contudo, o que ele não esperava era que ela fosse diagnosticada uma doença incurável que a envelhece dez vezes mais rápido.

Kento Nakajima, membro do popular grupo de JPOP Sexy Zone, dá vida ao aspirante a fotógrafo Haruto enquanto a atriz Honoka Matsumoto, estrela de Mio’s Cookbook um dos filmes que integrou o Japanese Film Festival de 2022, interpreta a cabeleireira Misaki.

Com trilha sonora da popular banda de rock Mr Children, responsáveis também pela música-tema do filme live action de I want to Eat your Pancreas (2017) , confira o trailer do doce Love Like The Falling Petals:

He’s Expecting/Kentaro Hiyama

Imagem: Kentaro Hiyama e namorada em pôster.
Pôster de Kentaro Hiyama (2022). | Imagem: Divulgação/Netflix

Título Original:ヒヤマケンタロウの妊娠 (Hiyama Kentarou no Ninshin)
Estreia: Sem previsão
Gênero: Comédia adulta, sátira social, adaptação de mangá
Elenco: Takumi Saitoh, Juri Ueno, Lily Franky, etc.

Inédito no Brasil, o mangá Kentaro Hiyama’s First Pregnancy (Hiyama Kentarou no Ninshin, Kentaro Hiyama: O Homem que Engravidou) de Eri Sakai foi seriado entre agosto e novembro de 2012 na revista BE LOVE (revista de mangás josei como Chihayafuru, Watashitachi  wa Douka Shiteiru e Peach Girl ). A obra recebeu muita atenção por tratar de temas maduros satíricamente, o que levou a Netflix a decidir produzir uma adaptação live action deste peculiar josei.

He’s Expecting acompanha um homem de elite que, do dia para noite descobre estar grávido (em um mundo onde isso é possível). Takumi Saitoh, que será protagonista do próximo filme de Hideaki Anno, Shin Ultraman (2023), encarna o papel de Kentaro Hiyama, um homem que engravida do dia para noite.

Juri Ueno, estrela da adaptação live action do popular mangá Nodame Cantabile (2006), vive o par romântico de Kentaro, Aki Seto. Ueno leu o mangá para se preparar para o papel enquanto Saitoh assistiu o filme Junior (1994) protagonizado por Arnold Schwarzenegger, que também aborda a gestação masculina.

Ainda sem data de estreia prevista, He’s Expecting se apresenta como uma produção adulta mas satírica, disposta a questionar tabus sociais.

The Makanai

ou ainda Kiyo in Kyoto
Imagem: Pôster promocional de The Makanai.
Pôster de The Makanai (2022). | Imagem: Divulgação/Netflix

Título Original: 舞妓さんちのまかないさん (Maiko-san Chi no Makanai-san)
Estreia: Sem previsão
Gênero: Família, Coming-of-age, adaptação de mangá
Elenco: Nana Mori, Natsuki Deguchi, Mayu Matsuoka, Ai Hashimoto

Durante o Netflix Festival Japan em novembro do ano passado, o cineasta vencedor do Palma de Ouro no Festival de Cannes de 2018 Hirokazu Koreeda anunciou que junto a Netflix lançará um filme e um dorama em 2022.

Seu primeiro projeto para a plataforma foi revelado no começo de janeiro e se intitula The Makanai: Cooking for the Maiko’s House, um dorama com 8 episódios dirigido e roteirizado por Kore-eda com produção de Genki Kawamura (Your Name) a partir do mangá Aiko Koyama Kiyo in Kyoto: From the Maiko’s House (Maiko-san Chi no Makanai-san em japonês). A obra já recebeu um anime em 2018 produzido pela J.C.Staff (mesmo estúdio de Toradora!) e transmitido pela NHK

The Makanai se passa no tradicional distrito das gueixas em Quioto para onde Kiyo e sua melhor amiga Sumire se mudam a fim de se tornarem maikos, as aprendizes das gueixas. Sumire acaba se tornando uma prolífica maiko ao passo que Kiyo acaba virando uma makanai, nome dado às cozinheiras de pensões

Nana Mori, voz de Hina a heroína de O tempo com você (2019) de Makoto Shinkai, assume o papel de Kiyo, a makanai da casa compartilhada de gueixas e maikos administrada por Azusa, vivida por Takako Tokiwa, atriz de Moonlight Express (1999) de Daniel Lee.

Aju Makita, atriz de Mães Verdadeiras (2020) de Naomi Kawase, vive a filha de Azusa, Ryoko, enquanto a veterana Keiko Matsuzaka vive a antiga dona da pensão Chiyo, mas que ainda desempenha um papel importante na história. Quanto à prolífica maiko Sumire, o papel ficou a cargo da estreante Natsuki Deguchi

O elenco adicional ainda inclui Mayu Matsuoka, que já trabalhou com Koreeda no filme indicado ao Oscar e vencedor do Palma de Ouro Assunto de Família (2018), e Ai Hashimoto, conhecida por sua participação nos filmes de Little Forest de Junichi Mori, Confessions e The World of Kanako de Tetsuya Nakashima e The Kirishima Thing de Daihaichi Yoshida.

As atrizes assumem os papéis de duas gueixas veternas, respectivamente, Yoshino e Momoko, que costumavam ser a dupla  mais popular da região. Mayu, Nana, Deguchi e Hashimoto foram escolhidas por audição para seus respectivos papéis

Ainda sem data de estreia prevista, este adorável drama familiar deve ser lançado em 2022.

First Love

Imagem: Print de poster de First Love em evento online.
Imagem: Divulgação/Netflix

Título Original: First Love 初恋 (First Love Hatsukoi);
Estreia: Sem previsão;
Gênero: Romance, Drama;
Elenco: Takeru Satoh, Hikari Mitsushima, Taisei Kido, Rikako Yagi;

Hikaru Utada mantém até hoje o recorde de álbum japonês mais vendido da história com seu disco de estreia First Love. A inesquecível faixa-título “First Love” foi na época usada como música tema do dorama Majo no Jouken (1999).

18 anos depois, Utada lançou o álbum Hatsukoi, palavra japonesa para o primeiro amor. Sua faixa-título “Hatsukoi”, por sua vez, também foi usada como música-tema de um dorama, Hana Nochi Hare (2018).

Em 2020, a Netflix anunciou a produção de seu primeiro original inspirado em canções de amor. First Love se baseia nos singles “First Love” e “Hatsukoi” de Hikaru Utada para construir a história de um primeiro amor que perpassa décadas

Takeru Satoh, estrela da franquia de filmes live actions do mangá Samurai X, assume o papel Harumichi Namiki, um ex-piloto das Forças de Autodefesa que desistiu dessa carreira.

Hikari Mitsushima, diva do cinema japonês e estrela de filmes como Love Exposure (2007) de Sion Sono, vive a aspirante a comissária de bordo Yae Naguchi cuja carreira é interrompida após um evento trágico.

Eles se conhecem e se apaixonam nos anos 90 mas seu primeiro amor resiste aos anos e chega aos dias de hoje. Os atores Taisei Kido e Rikako Yagi interpretam as versões mais jovens de Takeru e Hikari respectivamente

Ainda sem teaser nem data de estreia, First Love será lançada em 2022.

Alice in Borderland (Temporada 2)

Imagem: Caputra de tela de Alice in Borderland.
Cena de Alice in Borderland. | Imagem: Reprodução/Netflix.

Título Original: 今際の国のアリス (Imawa no Kuni no Arisu);
Estreia: Dezembro de 2022;
Gênero: Ação, suspense, sobrevivência, drama;
Elenco: Kento Yamazaki, Tao Tsuchiya, Dori Sakurada, Nijiro Murakami, Aya Asahina, etc.

Extremamente popular em 2020, o dorama Alice in Borderland retornará para uma segunda temporada confirmada para estrear em dezembro de 2022, sem data prevista

Baseado no mangá de Haro Aso Imawa no Kuni no Arisu, título inédito no Brasil, a segunda parte da adaptação live action trará de volta Arisu (Kento Yamazaki) e Usagi (Tao Tsuchiya) em novos jogos numa jornada filosófica.

Outros personagens que devem retornar para essa temporada incluem Karube (Keita Machida), Chishiya (Nijiro Murakami), Kuina (Aya Asahina), além da adição de novos personagens

As gravações da segunda temporada aconteceram de julho a dezembro do ano passado sob direção de Shinsuke Sato, o mesmo diretor da primeira temporada. Até o momento, a Netflix ainda não anunciou o elenco adicional  nem a data exata de estreia da nova fase mas os fãs já possuem suas especulações

Em julho de 2021, tabloides japoneses reportaram que o ator Tomohisa Yamashita, que estará na primeira coprodução nipo-americana da HBO Max Tokyo VICE, desempenhará um papel importante na segunda temporada de Alice in Borderland.

Contudo, ainda em agosto do ano passado, o ator viajou para a França para gravar a série Drops of God, coprodução entre a Hulu Japan e a France Television.

Sem confirmações oficiais para além da estreia no fim do ano, seguimos esperando novas informações sobre a segunda temporada de Alice in Borderland. Confira um trailer da primeira temporada:


Este artigo foi produzido pela equipe do Jdrama Updates, perfil especializado em séries japonesas, a convite do JBox.

Publicidade
close