Imagem: Madoka e Homura dando as mãos em enquadramento da coluna Café & Matchá.

‘Madoka Magica’ a um passo da dublagem brasileira | Café & Matchá #18

‘Magia Record’ já deve trazer parte do elenco brasileiro da provável versão dublada da série original de ‘Madoka Magica’.

No final de semana, a Crunchyroll anunciou a dublagem das duas temporadas de Puella Magi Madoka Magica: Magia Record Side Story (ou Magia Record: Mahou Shoujo Madoka Magica Gaiden) – MagiReco para os íntimos e talvez os ex-namorados. E antes que perguntem: sim, só revivo esta coluna para falar de Madoka.

Para quem só sabe da série principal, não está perdendo tanta coisa. MagiReco é baseado no jogo homônimo, um spin-off da franquia com novas personagens, que foi um flop fenomenal com o público norte-americano, ao ponto do serviço ser desligado um ano após o lançamento por lá – o jogo segue ativo no Japão.

Iroha e Ui, personagens de 'MagiReco'.
Divulgação: Magica Quartet.

Assim como o game, o animê também nunca fez muito barulho por aqui. Boa parte dos fãs da série não gostaram da primeira temporada, e possivelmente nem foram ver a segunda. Alguns até devem estranhar a escolha de dublar essa série antes da original.

Mas com o lançamento de um novo filme dando continuidade ao animê de 2011 – na verdade, ao filme de 2013, que continua o animê de 2011 –, uma dublagem de Madoka parece ser uma questão de tempo e timing. Sim, timing: um bom momento para lançar isso, na minha visão, será quando a Aniplex estiver mais focada em criar hype para o longa, que sequer tem um trailer de história ou previsão de estreia por enquanto.

Olhando o mercado hoje, há espaço para esperar uma exibição de Walpurgisnacht: Rising nos cinemas brasileiros. Aliás, eu diria até que seria estranho não lançá-lo nos cinemas por aqui. E deve ser o motor para priorizar uma dublagem da série toda.

Fazendo uma digressão, em uma das colunas de 2021, eu menciono o cinema como um dos desafios do mercado brasileiro, mas os últimos eventos têm melhorado bastante neste ponto. Ainda há muita coisa de fora, mas é evidente que o cenário deu uma mudada. Agradeço ao pessoal da indústria que leu o texto (cof cof, como se esse já não fosse um projeto da Sony).

Se for assim, pouco (ou muito?) antes dele, Rebellion (aquele que vocês não gostam mas eu gosto!!) também deve fazer sua estreia nacional já com dublagem, provavelmente direto no streaming. E a série original – e quem sabe até a versão recap em 2 filmes – também chegará em nosso idioma. Com mais de 10 anos de atraso, mas antes tarde do que nunca.

Isso tudo pois, fora boa vontade da Sony, não existe qualquer impeditivo de força maior para dublar Madoka. Os direitos estão todos em casa, é tudo Sony, Aniplex, Funimation, Crunchyroll, tudo parte do mesmo oligopólio do mercado “nacional” de animês (pois são todas gringas, né). E pela força de Madoka, é uma escolha óbvia, ainda mais em época de revival.

Talvez a série até já esteja em processo de dublagem. Contudo, lançar Magia Record antes, apesar de contra-intuitivo, pode ser uma boa opção pelo simples fato que serve de termômetro. Se a dublagem desagradar, ainda daria tempo de melhorar o tratamento.

Mais que isso, a segunda temporada de MagiReco já vai dar bons acenos para uma provável dublagem da série principal. Isso porque algumas das personagens clássicas fazem pontas nessa fase, então já será possível saber qual tipo de tratamento podemos esperar. Por exemplo, as vozes delas no spin-off devem ser mantidas numa eventual dublagem do original.

Então apesar da Madoka não chegar com dublagem, a Madoka já vai ser dublada (entendeu?) – não só ela, mas também Sayaka, Kyoko, Mami e Homura. E o Kyubey, né. Ou seja, o time todo já vai falar em português.

Pode não ter sido como muitos esperavam, mas agora a Madoka vai ter sim voz brasileira. E não deve demorar muito para a história da Madoka também ganhar sua versão em nosso idioma. Quem vocês gostariam de ver no elenco? Digam aí nos comentários!


O texto presente nesta coluna é de responsabilidade de seu autor e não reflete necessariamente a opinião do site JBox.

Publicidade
close