Coluna do Daileon#92 | Ultraman Z (Zett): Conheça o discípulo de Ultraman Zero

Com estreia marcada para junho, a nova série celebra os 10 anos do filho de Seven.

Saudações inca-venusianas! (Awika!) Fique em casa e confira as principais notícias sobre tokusatsu aqui na Coluna do Daileon. Vamos aos destaques: Ultraman Z (Zett) vem aí, em comemoração aos 10 anos de Zero. Estreia de Jaspion dobrou a audiência da Band, que vai ampliar o espaço de Changeman e Jiraiya na grade dominical. E hoje tem Top 10 com dicas de filmes e séries do gênero para você não passar a quarentena em branco. Vamos juntos.


Zett

Nesta quinta (26), a Tsuburaya anunciou Ultraman Z (Zett). A nova série está programada para 20 de junho e será exibida aos sábados pela TV Tokyo, a partir das 9h da manhã. O herói será um discípulo de Ultraman Zero, herói que completou 10 anos em dezembro de 2019.

Como admirador do filho de Ultraseven, Zett se esforçou bravamente para se tornar um membro da Força de Defesa Intergalática. Seu hospedeiro é Haruki Natsukawa (interpretado por Kohshu Hirano), um membro do esquadrão anti-monstros STORAGE, que é especialista em karatê. Educado e atleta nato, Haruki enfrenta qualquer situação e carrega um extremo senso de justiça. Um dia Haruki morreu enquanto lutava contra um monstro e sua vida foi salva pela simbiose com Zett, e desde então ele passa a lutar como um herói da justiça. Embora ele mantenha ideais conflitantes sobre “vidas a serem protegidas” e “seres a serem mortos“, ele continua ao lado de Zett na luta contra o mal.

Embora Zero reconheça seu talento e potencial, ele diz que, em seu estado atual, Zett é apenas “metade ou talvez um terço” de um herói de pleno direito.

Zett luta com força total, graças a sua resistência e seu atletismo. Bem humorado, Zett não está habituado aos costumes da Terra e às vezes usa palavras incorretamente. Embora seja inexperiente e ainda esteja em desenvolvimento, Zett também é um herói apaixonado que ama a paz e a justiça mais do que qualquer um.

Veja as duas primeiras scans de Ultraman Z (Zett) na galeria:


Sinopse oficial

No passado, as lascas de um demônio estavam espalhadas pelo espaço. Hoje, as lascas ainda estão causando caos em todo o universo. Enquanto os heróis Ultra lutam para restaurar a paz na galáxia, um ser misterioso usa esse poder a seus fins para destruir planetas um a um.

E agora, esse ser maligno se aproxima da Terra da Luz. Em seu caminho, está o Zero e seu discípulo Zett. No final de uma batalha feroz, Zero desaparece em meio a uma fenda dimensional e Zett persegue um monstro sozinho, indo em direção à Terra…

Enquanto isso, na Terra, uma força de defesa para combater monstros, a STORAGE, é formada, e junto a ela o jovem de sangue quente Haruki. Quando um Kaiju invade a Terra, Zett e Haruki têm seu encontro fatídico. Aqui começa a história da batalha dos nossos dois jovens heróis!


Comentário dos atores

Kohshu Hirano (20) como Haruki Natsukawa

Eu sou Kohshu e vou interpretar Haruki. Estou incrivelmente honrado em me tornar Ultraman. Tendo em mente a admiração que tive pelo personagem quando criança, farei o meu melhor para ser um modelo para as crianças hoje. E desta vez, com o benefício da força da STORAGE, acho que essa será uma série que os adultos também apreciarão junto com as crianças. Espero que todos possam experimentar as emoções do Ultraman Z. Por favor, observe Zett e Haruki à medida que crescem!

 

Mamoru Miyano (36) como Ultraman Zero (voz)

Estou muito feliz por ainda estar ao lado de Zero, pois Zero comemora seu décimo aniversário. Zero começou muito desobediente e ainda não entendia o que significava ‘lutar’, mas quando seus erros se acumularam, ele cresceu e aprendeu o que era um verdadeiro “herói”. Quando soube que desta vez Zero seria o ‘mestre’, fiquei surpreso e profundamente comovido. Posso dizer que, de alguma forma, me sinto como um pai dizendo: ‘Ah, ele já cresceu agora ~’ [risos] Também estou animado para ver que tipo de história será essa! Espero que todos estejam ansiosos por isso também!


Retorno histórico

Essa notícia saiu minutos após a publicação da edição anterior da Coluna, mas vale aqui o registro. No domingo passado, a Band finalmente estreou Changeman, Jiraiya e Jaspion – como parte do bloco Mundo Animado.

Servindo como tapa-buraco da programação esportiva (durante o período de quarentena), Jaspion cravou a média de 2,2 pontos de audiência na grande São Paulo, com pico de 2,6. A volta do herói japonês de maior sucesso no Brasil nas telinhas foi o assunto mais comentado nos trending topics do Twitter, já nos minutos finais da exibição (leia mais aqui).

Segundo a programação no site oficial da Band para o próximo domingo (29), as séries tokusatsu ganharão mais tempo. Changeman será exibido das 10h30 às 11h10, Jiraiya das 11h10 às 11h50 e Jaspion das 11h50 às 12h30. 40 minutos para cada série. Ou seja, dois episódios — provavelmente com cortes nos eyecatches (vinhetas de intervalo) e temas de encerramento (leia mais aqui).

Comentário: Olha, fiquei feliz pela audiência e pela repercussão de Jaspion na Band. Isso mostra que a TV aberta perdeu muito tempo com o jejum de tokusatsu. Parece até redundante dizer isso, mas o fato provou ser o contrário do que alguns pessimistas pregavam, até então, como “coisa de velho” e “ultrapassado”. O nosso Tarzan Galático foi, ainda é e provavelmente será por muito tempo o maior sinônimo de herói japonês no Brasil.

Dito isso, a Band precisa manter a continuidade aos domingos, principalmente agora em tempos de quarentena. Além disso, é preciso dizer que a emissora deveria passar as três séries no formato padrão de 4:3 (bem como o SBT assim o faz com Chaves) e na íntegra, mantendo a originalidade que a Manchete prezava na maioria das vezes. No mais, foi um grande dia!


Incrível ninja

O clipe do projeto Anison Lab desta quinta (26) também segue a onda de nostalgia. Ricardo Cruz e Lucas Araújo interpretam o tema de abertura de Jiraiya (em japonês e em português). Assista no vídeo acima.


Anna

Você viu na edição 88 da Coluna sobre o anúncio do filme Kamen Rider Den-O: Pretty Den-O Appears!. Novas imagens foram reveladas nesta semana, confirmando retornos de alguns personagens, incluindo a volta da atriz Rina Akiyama (34) como Naomi, a garçonete do trem Denliner.

A trama terá como foco a nova personagem Anna, uma garota de 10 anos que foge de casa depois de brigar com sua mãe. Ela acaba sendo alvo da Shocker, organização maligna da série original de 1971, e acaba no Denliner, onde conhece os Imagins Momotaros, Urataros, Kintaros e Ryutaros. O Denliner viaja para 1989, o primeiro ano da era Heisei e Anna inicia uma aventura ao lado de Momotaros. Veja as imagens:

Antes de brilhar como Naomi em Kamen Rider Den-O (de 2007), a musa Rina Akiyama interpretou Mana Kazaya em Kamen Rider Agito (de 2001). Inclusive, em 2019, ela reprisou a mesma personagem nos episódios 31 e 32 de Kamen Rider Zi-O, junto com o astro principal Toshiki Kashu (Shouichi Tsugami/Agito).

Se nada mudar, Kamen Rider Den-O: Pretty Den-O Appears! vai estrear no Festival de Mangá da Toei (Toei Manga Matsuri) no dia 24 de abril.

Comentário: Por sinal, Takeru Satoh vai se ausentar mais uma vez (ele voltará a interpretar Kenshin nos dois novos filmes de Samurai X) e o carismático Momotaros vai protagonizar novamente. E Kamen Rider Den-O sem Rina Akiyama, não é a mesma coisa. Os admiradores de plantão agradecem.

Falando em Akiyama, ela divulgou ontem que está gravida, esperando pelo seu segundo filho.


Audiência

Kishiryu Sentai Ryusoulger atinge a menor audiência para a franquia Super Sentai, com média de 2.6%. Até pouco tempo, KyurangerLupinranger VS Patranger e Super Sentai Strongest Battle!! mantiveram a mesma posição, cada uma empatando em 3.0%.

Os episódios de maior audiência foram os dois primeiros (exibidos em 17 e 24 de março de 2019), com 3.7% cada e o menor foi o 22 (em 18 de agosto), com apenas 1.4%.

Ryusoulger será adaptado para Power Rangers em 2021.

Comentário: Considerando as boas vendas de brinquedos, Ryusoulger fez sucesso. A audiência não é a única medição de alguns anos pra cá. Sobre os números, acho bem difícil as séries Super Sentai ultrapassarem a média de 3%, principalmente agora que está competindo com One Piece (Fuji TV) desde 2017.


No YouTube

A TokuSHOUTsu, nova plataforma de streaming da distribuidora americana SHOUT! Factory, lançou nesta quinta (26) o primeiro episódio de Kamen Rider em seu canal do YouTube, com legendas em inglês. Assista no vídeo acima e… Henshin!


Santa tartaruga!

A saga dos quadrinhos entre Mighty Morphin Power Rangers e As Tartarugas Ninja está chegando ao fim pela BOOM! Studios. Na edição anterior, os verdinhos morfaram e terão um Megazord (visual criado por Dan Mora). Segundo a sinopse (que não revela muita coisa), a batalha final será contra Rita Repulsa e o Destruidor.

A imagem acima é a capa do quinto e último volume de Mighty Morphin Power Rangers/Teenage Mutant Ninja Turtles. Se nada mudar, o lançamento nos EUA será em 15 de abril. Veja a arte conceitual do Megazord:


Emissário do inferno

Três figures baseadas em Spider-Man, a série tokusatsu do Homem-Aranha produzida pela Toei em 1978, foram anunciadas nesta semana.

Foto: Reprodução

A primeira é a S.H. Figuarts Toei Spider-Man, pela Bandai/Tamashii Nations. Com lançamento previsto para agosto, o conjunto vai custar 6,500 ienes.

 

Foto: Reprodução

Já o robô gigante Leopardon teve dois anúncios. Um pela linha Soul of Chogokin, com previsão de lançamento para setembro e custando 20,000 ienes. E o outro pela linha Super Minipla, previsto para agosto e custando 4,950 ienes. Veja na galeria:


Ranger Preto

Walter Jones é o próximo entrevistado do JBox TV | Reprodução/Mega Power Brasil

O JBox TV apresenta nesta terça (31) uma entrevista com Walter Jones. O ator que foi o Zack de Power Rangers foi atração do Rio Matsuri 2020. Não perca!


Trailer

Saiu o teaser trailer de GARO -VERSUS ROAD-. A série que vai celebrar os 15 anos da franquia de Keita Amemiya estreia em 2 de abril, a partir das 22h pela Tokyo MX e à 1h da manhã pelo BS11.

Kouya Matsudai (20) viverá como o estudante Sora, que encontra uma passagem para uma realidade virtual e é levado para um jogo. Os jogadores estão completamente imersos, uma vez que a “brincadeira” causa influências no mundo real. Assista:


Memória

O próximo dia 2 de abril (quinta-feira) vai marcar dois aniversários importantes:

O primeiro é da série Ultraman 80 (Eighty), que completa 40 anos no Japão. A Tsuburaya voltou a investir na franquia Ultra em 1979 com o animê The☆Ultraman, mas só ano ano seguinte lançou uma nova série tokusatsu, que teve uma pegada mais carismática, inserindo o tema de encerramento e também apresentando uma nova heroína.

Esta é a saga do discípulo do primeiro Ultraman que veio para a Terra para lutar contra monstros gigantes e alienígenas (mais clichê, impossível). O herói se disfarça como o atrapalhado professor Takeshi Yamato, que passa a trabalhar para a equipe anti-monstros UGM (Utility Government Members) aos domingos. Na reta final da série, somos apresentados à Yullian, que assume a identidade humana de Ryoko Hoshi. A heroína foi interpretada pela atriz Sayoko Hagiwara, mais conhecida pelos brasileiros como a Nefer de Flashman. Em dezembro de 2019, ela foi atração inédita do evento Ressaca Friends.

Ultraman 80 terminou em março de 1981 e a Tsuburaya produziu eventuais filmes. A franquia voltou com força total em 1996 com a estreia de Ultraman Tiga.

De 2014 a 2018, todos os 50 episódios de Ultraman 80 estiveram disponíveis no Brasil pelo serviço de streaming Crunchyroll, com legendas em português.

***

E no dia 2 de abril de 1990*, Metalder – O Homem-Máquina (Choujinki Metalder) estreava na Rede Bandeirantes na faixa das 21h. Curiosamente, mesmo dia e hora da estreia da novela Rainha da Sucata, da Rede Globo. Sua exibição regular inicialmente acontecia às segundas e quartas, revezando com Machineman, que passou a ser exibido nas terças, quintas e sextas, logo após Goggle Five.

Tudo começa quando o Imperador Neroz envia seu exército para exterminar o Dr. Koga, que voltou ao Japão para ativar Metalder, criado originalmente como uma arma secreta da marinha japonesa para lutar no final da Segunda Guerra Mundial. Movido pela ira, Metalder enfrenta as tropas de Neroz. Em seu caminho surgem como aliados a fotógrafa Maya Aoki, o cão-robô Springer e mais tarde o motoqueiro Satoru Kiita (interpretado por Kazuoki Takahashi, o Change Griphon de Changeman). Isso sem mencionar Top Gunder, um rival valoroso que se uniu ao herói para enfrentar o tirano.

O primeiro ciclo de exibição de Metalder na Bandeirantes encerrou-se em 21 de dezembro do mesmo ano*, quando era atração do programa vespertino TV Criança. A série voltou a ser exibida em 29 de março de 1991*, semanalmente às sextas, a partir das 15h e saiu definitivamente do ar em 26 de abril do mesmo ano*. Só passaríamos a ver cenas de ação de Metalder anos mais tarde em VR Troopers, mas isso é assunto pra depois.

OBS: Tanto Metalder quanto Rainha da Sucata estrearam após um horário político de 30 minutos. Excepcionalmente, não houve exibição de Goggle Five neste dia.

*Créditos: Matheus Mossmann (do blog Dynablack Asylum).


R.I.P.

Morreu na madrugada deste sábado (21), aos 83 anos, o ator Hiroshi Masuoka, a voz original de Gata de Changeman. A nota de falecimento foi divulgada ontem pela imprensa local. Vítima de câncer, Masuoka emprestou sua voz para vários personagens de animê e tokusatsu.


Top 10

Dicas de streaming para a quarentena

Não sabe o que assistir durante a quarentena? O Top 10 de hoje apresenta dicas de séries e filmes de tokusatsu para você maratonar nas plataformas de streaming. Escolhi algumas opções para ajudar também aqueles que tem apenas Jaspion, Changeman e cia como referência. Tem muito programa legal que você pode conferir e relaxar depois de um home-office. Prepare a pipoca e bom divertimento. 😎

 

10) Mighty Morphin Power Rangers (série de 1993)

Qualquer temporada dos heróis multicoloridos poderia entrar na lista. Não apenas por questão de nostalgia, mas MMPR é uma série bacana para relaxar, matar a saudade de Jason, Tommy, Kimberly, etc, rir das trapalhadas de Bulk & Skull, curtir as cenas japonesas de Zyuranger e também cenas inéditas gravadas (à película) pela própria Toei para a versão gringa… Enfim. Assistir ao clássico também é uma oportunidade excelente para voltar a ter contado com a franquia de tokusatsu mais famosa mundialmente. Todas as três temporadas (incluindo a medonha re-version) estão disponíveis na Netflix.

 

9) Godzilla (filme de 1954)

Se você ainda não viu, saiba que esse clássico é obrigatório para quem se diz fã de tokusatsu. É aqui onde o gênero começou de forma modesta e sem pretensão de ser o que é hoje, graças a genialidade de Eiji Tsuburaya (que anos mais tarde criou Ultraman). Inspirado no filme O Monstro do Mar, do lendário animador de efeitos especiais Ray Harryhausen (1920~2013), Godzilla começa com a destruição do navio cargueiro Eiko-maru nos arredores da Ilha Odo. Após o incidente, vários navios e barcos de pesca também são atacados. As suspeitas levam a crer que uma lendária criatura do mar despertou. Disponível no Looke (aluguel ou compra), o filme consagrou os astros Akira Takarada (como Hideo Ogata), Momoko Kochi (como Emiko Yamane), Akihiko Hirata (como Dr. Serizawa), Takeshi Shimura (Kambei Shimada de Os Sete Samurais, como Dr. Yamane) e o dublê Haruo Nakajima (como Godzilla).

 

8) Superior Ultraman 8 Brothers – A Grande Batalha Decisiva (filme de 2008)

Apesar de ser uma sequência de Ultraman Mebius & Ultraman Brothers – Yapool Ataca! (de 2006), esse filme pode ser apreciado isoladamente e até servir como atrativo para quem deseja se aprofundar na mitologia Ultra. A aventura se passa num mundo paralelo onde Daigo (Tiga), Asuka (Dyna) e Gamu (Gaia) assistiram Ultraman na infância e são amigos dos veteranos Shin Hayata (Man), Dan Moroboshi (Seven), Hideki Goh (Jack) e Seiji Hokuto (Ace), que levam suas respectivas vidas normais. A paz é ameaçada quando surgem forças das profundezas das trevas. Mirai Hibino, o Ultraman Mebius, deverá reunir todos os “antigos” Ultras a recobrarem a memória e enfrentar o mal. O filme está disponível no Looke (aluguel ou compra) e com a dublagem, que foi marcada pela volta de Carlos Vasconcelos (como Dan Moroboshi) e o saudoso Ionei Silva (como Hideki Goh).

 

7) Ultraman Orb (série de 2016)

A série tokusatsu de 2016 marcou as comemorações do cinquentenário de Ultraman e conta a saga de um misterioso guerreiro Ultra que assume identidade humana como Gai Kurenai. Na Terra, Gai investiga aparições de monstros gigantes que surgem no Japão. Por outro lado, somos apresentados à improvisada equipe SSP (Something Search People), formada pela bela Naomi Yumeno e seus assistentes, a SSP também investiga tais fenômenos. Com seu Orb Ring, Gai se transforma em Ultraman Orb, inicialmente assumindo as formas Spacium Zeperion (com os poderes de Ultraman e Ultraman Tiga), entre outras formas. Seu rival é Jugglus Juggler, que também possui um Orb Ring com poderes sombrios. Você tem duas opções para assistir Ultraman Orb: uma é na Crunchyroll e outra é no Amazon Prime Video.

 

6) Ultraseven X (série de 2007)

Embora tenha uma ligação indireta com Ultra Seven (de 1967), a série não faz parte do cânone da franquia Ultraman. Ambientada num futuro alternativo, Jin, um jovem agente de DEUS (nome da organização secreta), recebe um misterioso objeto das mãos de uma mulher, durante uma perseguição. Quando um monstro gigante ataca a cidade, Jin se transforma num gigante vermelho e desde então passa a investigar casos especiais e combater invasões alienígenas, junto com os agentes K e S. Com doses de mistério e bom humor, Ultraseven X foi exibido originalmente nas madrugadas da TV japonesa e atualmente todos os 12 episódios estão disponíveis no Looke (aluguel ou compra) e com opção de dublagem.

 

5) Power Rangers: Morfagem Feroz (série de 2019)

Adaptação de Tokumei Sentai Go-Busters, a primeira temporada inicia a era Hasbro e a mais independente das versões originais. Na fictícia cidade Coral Harbor, a agência secreta Grid Battleforce descobre uma combinação entre uma substância recém-descoberta chamada Morph-X e DNA animal para criar uma nova equipe formada por um trio de Rangers. Neste momento, surge o vírus de computador Evox que ameaça dominar a fonte de todo poder da Rede de Morfagem. Os primeiros 22 episódios (incluindo especiais de Halloween e Natal) estão disponíveis na Netflix.

 

4) ULTRAMAN (série de 2019)

Tá, eu sei que é animê, mas não dá pra deixar de fora essa série que é uma homenagem à série clássica de 1966. Num realidade paralela onde apenas o primeiro Ultraman veio para a Terra, o jovem Shinjiro, filho de Hayata, é atacado por Bemlar, o primeiro monstro gigante que enfrentou o herói gigante agora em sua versão repaginada. Com a ajuda da Patrulha Científica (SSSP, Special Science Search Party), Shinjiro veste uma armadura altamente sofisticada, capaz de reproduzir os mesmos poderes e técnicas do gigante da Nebulosa M-78 e assume o codinome Ultraman. Adaptação do mangá de Eiichi Shimizu e Tomohiro Shimoguchi (atualmente publicado no Brasil pela Editora JBC), ULTRAMAN é uma serie exclusiva da Netflix. Uma segunda temporada está garantida.

 

3) BraveStorm (filme de 2017)

Essa é uma releitura dos heróis Silver Kamen (de 1971) e Super Robot Red Baron (de 1973), ambos produzidos pela Senkosha. Em 2050, a humanidade está praticamente em extinção por causa da invasão da raça alienígena Kilgis, que terraformou a atmosfera da Terra. O oxigênio praticamente não existe mais e foi substituído por um gás tóxico. Para impedir a invasão dos Kilgis, os irmãos Kasuga constroem uma máquina do tempo e viajam para o passado. O filme está disponível no Looke (aluguel ou compra).

 

2) Garo (série de 2005)

Série original da franquia criada por Keita Amemiya, conta a saga de Kouga Saejima, um Cavaleiro Makai herdeiro do título Garo que passa a enfrentar criaturas demoníacas chamadas Horrors. Garo é uma produção exibida eventualmente nas madrugadas da TV japonesa e completa 15 anos em 2020, celebrada pela nova série GARO -VERSUS ROAD-, que estreia em 2 de abril no Japão. Os 25 episódios de Garo estão disponíveis no Amazon Prime Video, além dos filmes Red Requiem (2010) e A Flauta Secreta (2013).

 

1) Kamen Rider Amazons (série de 2016)

Releitura de Kamen Rider Amazon, clássico de Shotaro Ishinomori do ano de 1974. Na história temos uma companhia de mercenários que buscam assassinar os “Amazons”, monstros que atacam e devoram humanos. Nesse cenário temos o jovem pacato Haruka, que acaba se infectando e se transformando em Kamen Rider Amazon Omega. Ele não possui o desejo de matar e, na luta violenta com outros Amazons, acaba se aliando a outro sujeito em situação parecida: Jin Takayama, o Kamen Rider Amazon Alpha. De longe, Amazons é a serie mais violenta/sanguinolenta da franquia e por isso é destinada ao público mais velho. As duas temporadas de 13 episódios cada estão disponíveis no Amazon Prime Video com o título Amazon Riders (sugestivo, não acham?), mas apenas com legendas em inglês. Mesmo assim, vale a conferida. É de deixar o espectador na ponta do sofá.

Publicidade
close