Imagem: Rengoku, o Hashira/pilar do fogo, na versão 'Gakuen' (em animê).

Demon Slayer: ‘Kimetsu Gakuen’ ganharia mangá em agosto

Mangá spin-off de ‘Kimetsu no Yaiba’ seria escrito por Natsuki Hogami e já começaria em agosto.

Segundo supostos vazamentos do Ryokutya, o spin-off Kimetsu Gakuen vai ganhar uma nova versão em mangá na Saikyo Jump, com autoria de Natsuki Hogami. A seriação já começaria em 4 de agosto de 2021.

Chuko Ikkan Kimetsu Gakuen eram pequenos segmentos de poucos quadros publicados ao final de capítulos de Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba, feitos por Koyohary Gotouge, mangaká original da série. As tirinhas traziam os personagens em um cenário escolar atual, com os Hashira sendo professores.

Em fevereiro deste ano, o ufotable soltou alguns episódios inspirados nessas tirinhas em celebração ao Valentine’s Day. Alguns personagens também terão versão Kimetsu Gakuen no jogo Hinokami Chronicles, com lançamento em outubro.


Fonte: Ryokutya via Siliconera


Demon Slayer

Kimetsu no Yaiba

A trama de Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba se passa no Japão do período Taisho e apresenta a história de Tanjiro Kamado, um garoto de bom coração que vendia carvão para sobreviver, até o dia que seus pais foram cruelmente assassinados por um demônio, que também amaldiçoou sua irmã mais nova, transformando-a num demônio.

Embora devastado com tudo que lhe aconteceu, Tanjiro decide tornar-se um “matador de demônios,” procurando aquele que massacrou sua família, enquanto também tenta encontrar um meio para que sua irmã volte a ser humana novamente.

O mangá de autoria de Koyoharu Gotoge, agora prestigiada até pela revista Time, foi publicado na Shonen Jump entre 2016 e 2020, com 23 volumes encadernados no total. A Panini publica a obra no Brasil. A série foi um fenômeno de vendas em 2019 e já possui mais de 150 milhões de cópias em circulação.

A versão em animê tem produção do estúdio Ufotable, e é exibida oficialmente no Brasil, até agora, via streaming pela Crunchyroll, com legendas em português, e pelas Funimation e Netflix com opção dublada.

Um filme continuando a série estreou em 16 de outubro no Japão, batendo inúmeros recordes, tendo exibição por aqui por grandes redes do cinema, como Cinemark, Cinépolis e a UCI Cinemas.

A segunda temporada já foi confirmada ainda para este ano, mesmo causando certas discussões lá no Japão.

Publicidade
close