Titã e Eren, em cena de 'Shingeki no Kyojin'

Funimation anuncia ‘Attack on Titan’ dublado no catálogo brasileiro

Essa é a oitava série confirmada pela Funimation no Brasil.

Mais uma semana, mais um anúncio da Funimation. Hoje (27), a plataforma confirmou a presença de Attack on Titan (Shingeki no Kyojin) no catálogo brasileiro, o que já era esperado por ela ser a licenciante da série nos EUA e, possivelmente, na América Latina. Além de legendas, o animê terá opção com dublagem em português.

Uma distribuidora de longa data nos EUA, a Funimation atualmente é associada à Sony (a mesma supostamente interessada em também adquirir a Crunchyroll) e seu serviço de streaming chega ao Brasil no último trimestre. Já estão confirmados, até o momento, Demon Slayer, Fairy Tail , Fire ForceFruits BasketMy Hero AcademiaSword Art Online, incluindo a fase Alicization e Tokyo Ghoul:re.

Até agora, apenas Tokyo Ghoul: re tinha dublagem confirmada no serviço. Mas há algumas possibilidades ainda: a empresa Artworks Entertainment confirmou recentemente uma dublagem de Fairy Tail, mas sem destino certo, e há também uma possível dublagem de My Hero Academia em curso. Fiquem de olho no JBox para mais informações!


Fonte: Funimation Brasil


Attack on Titan (Shingeki no Kyojin) foi criado como mangá por Hajime Isayama em 2009, nas páginas da Bessatsu Shonen Magazine. Os capítulos reúnem até o momento 31 volumes encadernados, com publicação no Brasil pela Panini – que também trouxe os spinoffs da franquia Ataque dos Titãs: Antes da Queda e Ataque dos Titãs: Sem Arrependimentos.

O animê surgiu em 2013, pelo WIT Studio, tornando-se um sucesso mundial. Conta a história de um mundo distópico onde a humanidade vive isolada por muros, buscando a sobrevivência contra os “titãs”, criaturas enormes que se alimentam dos homens.

A exibição oficial do animê acontece, até o momento, pela Crunchyroll, que disponibiliza todas as temporadas com legendas em português.

Dois longas-metragens em live-action, produzidos em 2015, foram exibidos em sessões restritas em cinemas do Brasil em 2018 e atualmente estão disponíveis na Netflix. Saiba mais em nossas críticas aqui e aqui.

Publicidade
close